Observações da Reunião do Conselho de Segurança da ONU sobre a Situação na Síria

Observações da Reunião do Conselho de Segurança da ONU sobre a Situação na Síria

Embaixadora Nikki Haley
Representante Permanente dos EUA nas Nações Unidas
Missão dos EUA nas Nações Unidas
Cidade de Nova York
7 de abril de 2017

COMO ENTREGUE

Há seis anos, o mundo tem visto como o governo sírio e seu líder, Bashar al-Assad, aterroriza seu próprio povo. Ele assassinou centenas de milhares e deslocou milhões. Ele infringiu a lei internacional e violou inúmeras resoluções da ONU. Ele cometeu atos criminosos que chocaram a consciência de toda a humanidade. A comunidade internacional manifestou várias vezes sua indignação. O Mecanismo Conjunto de Investigação descobriu, sem sombra de dúvidas, que o regime sírio utilizou armas químicas contra seu próprio povo várias vezes. Na terça-feira, o regime de Assad lançou mais um ataque químico contra civis, matando homens, mulheres e crianças inocentes da forma mais cruel. Assad fez isso porque achava que poderia se livrar dessa. Ele achou que poderia escapar porque sabia que a Rússia o apoiaria. Ontem à noite, isso mudou.

Como avisei na quarta-feira, quando a comunidade internacional consistentemente falhou no seu dever de agir coletivamente, há momentos em que os estados são obrigados a tomar suas próprias medidas. O uso indiscriminado de armas químicas contra civis inocentes é uma dessas vezes. Os Estados Unidos não vão ficar parados quando armas químicas são usadas. É do nosso interesse vital de segurança nacional impedir a disseminação e a utilização de armas químicas.

Nossos militares destruíram o aeródromo de onde o ataque químico desta semana aconteceu. Nós estávamos plenamente justificados ao fazê-lo. A mancha moral do regime de Assad já não poderia ficar sem resposta. Seus crimes contra a humanidade não mais poderiam ser satisfeitos com palavras vazias. Já era hora de dizer “basta”, mas não só dizê-lo – era hora de agir. Bashar al-Assad nunca mais deve usar armas químicas. Nunca mais.

Agora, enquanto o regime sírio é responsável pelo ataque de armas químicas, não é apenas o único culpado. O governo iraniano tem uma grande responsabilidade. Tem apoiado e protegido o brutal ditador da Síria há anos. O Irã continua a desempenhar um papel no derramamento de sangue na Síria. O governo russo também tem uma responsabilidade considerável. Cada vez que Assad passou dos limites da decência humana, a Rússia manteve-se ao lado dele. Esperávamos que o Conselho de Segurança poderia seguir em frente, mas a Rússia fez saber, como fez sete vezes antes, que poderia usar seu veto mais uma vez, encobrindo o regime de Assad. Mais a demora em se comprometer da Rússia para uma resolução mitigada teria apenas reforçado Assad. Reforçar Assad só vai levar a mais assassinatos. Não vamos permitir isso.

Mas, ainda tem mais. A Rússia deveria ser o garantidor da remoção de armas químicas da Síria. Pensem nisso. A Rússia deveria ter removido todas as armas químicas da Síria, mas, obviamente, isso não aconteceu, já que sírios inocentes continuam a ser assassinados por ataques químicos. Vamos pensar sobre as possíveis razões para o fracasso da Rússia. Pode ser que a Rússia esteja conscientemente permitindo que as armas químicas permaneçam na Síria. Pode ser que a Rússia tenha sido incompetente em seus esforços para eliminar as armas químicas. Ou, pode ser que o regime de Assad esteja fazendo os russos de bobos, dizendo-lhes que não há armas químicas, ao mesmo tempo que as estocam em suas bases. O mundo está esperando que o governo russo aja de forma responsável na Síria. O mundo está esperando que a Rússia reconsidere sua aliança equivocada com Bashar Assad.

Os Estados Unidos não vão mais aguardar que Assad use armas químicas sem quaisquer consequências. Esses dias acabaram. Mas agora, vamos agir em uma nova fase, uma movimentação em direção a uma solução política para este terrível conflito. Esperamos que o regime sírio e seus aliados levem a sério o processo político da ONU, algo que não fizeram até agora.

Esperamos que a Rússia e o Irã responsabilizem seu aliado e cumpram os termos do cessar-fogo. Esperamos que este Conselho fale em voz alta e com força quando o regime ou seus aliados minarem o processo político e inúmeras de nossas próprias resoluções.

Os Estados Unidos deram um passo muito importante ontem à noite. Estamos dispostos a fazer mais, mas temos a esperança de que não será necessário.

Chegou a hora para que todas as nações civilizadas detenham os horrores que estão ocorrendo na Síria e exijam uma solução política.

Obrigada.


Fonte: https://br.usembassy.gov/pt/

Artigos Relacionados

Help Vistos

Help Vistos

Despachante de visto americano ✅ Tire seu Visto rápido! Atendemos todo o brasil ☝Cuidamos dos formulários e orientamos conforme o perfil do solicitante!

Ler todos os artigos

Atendemos todo o Brasil
Faca um orçamento!

""
1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Dúvidas? Fale conosco!