USDA: carne estragada brasileira: nenhum produto entrou nos EUA, 100% de reinspecção é instituída

USDA: carne estragada brasileira: nenhum produto entrou nos EUA, 100% de reinspecção é instituída

Hoje, o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) e o Serviço de Inspeção e Segurança de Alimentos (FSIS) anunciaram medidas adicionais para garantir a segurança no fornecimento de alimentos para as famílias americanas tendo em vista as recentes investigações sobre a indústria de carnes do Brasil.
Nenhuma das instalações de abate ou processamento implicadas no escândalo brasileiro enviou produtos cárneos para os Estados Unidos. O FSIS instituiu imediatamente novos testes de patógenos para todas as remessas de carne bovina crua e produtos prontos para consumo provenientes do Brasil assim que tomou conhecimento dos relatórios da investigação brasileira. O FSIS também intensificou o exame de todos esses produtos nos pontos de entrada de todo o país. A Agência manterá indefinidamente sua reinspeção de 100% e testes patógenos em todos os lotes de produtos regulamentados pela FSIS e importados do Brasil.

“Manter a segurança alimentar para as famílias americanas é nossa prioridade máxima”, disse Mike Young, secretário adjunto em exercício do Departamento de Agricultura dos EUA. “O FSIS reforçou as medidas de salvaguarda em vigor para proteger o abastecimento de alimentos nos EUA como medida de precaução e está acompanhando de perto as investigações do governo brasileiro”.
O sistema de inspeção das importações da FSIS (incluindo as determinações de equivalência nas auditorias e no processo de reinspeção) destina-se a assegurar que a carne, as aves e os produtos derivados de ovos importados sejam seguros e saudáveis. O FSIS trabalha em conjunto com a Alfândega e Proteção de Fronteiras dos EUA (CBP) e o Serviço de Inspeção de Saúde Animal e Vegetal (APHIS) para garantir a segurança dos produtos antes de entrarem no país.

“O FSIS tomará medidas necessárias para proteger a saúde pública”, declarou Al Almanza, subsecretário adjunto em exercício para Segurança Alimentar. “É nossa missão manter a segurança dos alimentos que vão para a mesa dos americanos”.
Apesar de nenhum dos estabelecimentos envolvidos no escândalo brasileiro ter enviado produtos cárneos para os EUA, o FSIS instituiu, começando em 18 de março, 100% de reinspeção nos pontos de entrada de toda a carne brasileira importada para os EUA, incluindo o exame dos produtos de 100% dos lotes. Essa reinspeção inclui testes em 100% das aparas de carne bovina do Brasil para Salmonella, E. coli O157: H7 e E. coli produtora de toxina Shiga (Stec) não-O157. Além disso, 100% de reinspeção nos produtos prontos para consumo provenientes do Brasil serão testados para Salmonella e Listeria monocytogenes. O FSIS adotará medidas imediatas para recusar a entrada de produtos nos EUA se os resultados indicarem problemas com relação à segurança alimentar.


Fonte: https://br.usembassy.gov/pt/

Artigos Relacionados

Help Vistos

Help Vistos

Despachante de visto americano ✅ Tire seu Visto rápido! Atendemos todo o brasil ☝Cuidamos dos formulários e orientamos conforme o perfil do solicitante!

Ler todos os artigos

Atendemos todo o Brasil
Faca um orçamento!

""
1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Dúvidas? Fale conosco!